Postado por Bárbara Bruna on 19:30

Desculpa talvez seja forte demais para um blog que se iniciou há pouco tempo, mas preciso usar essa palavra para pedir a mim mesma. Esse blog está parado, pois é, preciso dar uma diversificada maior ao invés de apenas postar fotos de minhas obras, mas postar um pouco mais de textos e de idéias, idéias estas que podem ser projetos, porque não? Afinal era o propósito inicial. Então de agora em diante tem os “Posts OFF”, posts para pensamentos, projetos, notícias, curiosidades e bobagens, porque ninguém é de ferro, claro.
Mas aí você pode perguntar: A autora desse blog não fez nada desde a última postagem?
Ah fiz sim, graças a Deus! Mas estou com um pequeno problema de Windows 98, programa que os atuais usuários de computador até desconhecem, e não é exagero não, se eu olhar para o canto da tela do meu Word acho que não vejo aquele “bonequinho-assistente-tipo-cientista” e sim um “bonequinho-homem-das-cavernas-que-te-auxilia-com-mensagens-rupestres”. Bem, fantasias a parte, acontece que o programa é velho e não tem driver para descarregar minha câmera (e nem tem como instalar), então ela fica cheia até eu encontrar um computador “mais atual” para descarrega-la (nossa, lembrei de uma pérola do Orkut, no final eu conto), ou tomar vergonha na cara e atualizar esse meu presente de debutante (ganhei o computador que estou usando agora quando fiz 15 anos, falar que ele é velho é me chamar de velha e isso não cabe a mim, então não cabe a ele também, viu), e a tal vergonha acho que vai demorar a chegar.
Então, o que quero dizer é que tenho trabalhos e vou postar sim, não tenho vergonha então meu computador vai continuar esperando, dinheiro nem falo, esse computador vai ter que durar por muito mais tempo, e tenho POSTS OFFS, espero que alguém goste! Se algum assaltante me parar na rua, é só isso que tenho, e só me resta rezar.

“A pérola que lembrei: Nossa o que era aquilo?!rs Era uma dúvida, e dúvidas se deve esclarecer sem perder a calma, afinal admitir a ignorância é respeitável. Uma pessoa publicou em uma comunidade do Orkut a seguinte dúvida: “Como a gente faz para publicar as nossas fotos de infância, se naquela época não tinha câmera digital?”Eu poderia até postar o link aqui para que você explique, com calma, ao orkutiano (sei lá como se escreve) a maior dúvida de sua existência, mas acho que nessa altura já tem gente demais enchendo o saco do coitado”.

Momento Twitter: agora não ouvindo nada, na tv está passando o programa do Jô e nem prestei atenção na entrevista, mas é daquele ator (esqueci o nome) que utiliza o “super espaço de ensaios” que o Jô tem encima de seu apartamento para também poder passar seus textos. E demorei um tempo além do necessário para digitar isso daqui porque estou usando apenas uma mão, minha gata Jolie deitou no meu colo e se esparramou de modo que meu braço esquerdo virou seu travesseiro. Até a próxima!

1 comentários:

Vict9r disse...

Tal como disse um anónimo no meu blog, "nao é o equipamento que faz o fotofrafo".....
No seu caso é igual. Não importa o equipamento que tem ao seu dispor o que interessa é que o faça com dedicação e profissionalismo...
Continuaçao...

ps: no seu post vc coloca o k kiser afinal ele é seu, né?

Bjs

Victor